Oferecimento: Rotavidros – vidro de ônibus, carro e caminhão

Quando há danos no para-brisa e torna-se necessário fazer a substituição, é importante saber qual peça colocar. Existem dois tipos de para-brisa para a troca no veículo, o original e o paralelo.

Na hora de fazer a troca, o dono do veículo precisa estar ciente de todas as recomendações das leis de trânsito e ter muito cuidado onde ele leva o veículo para consertar.

Hoje em dia, infelizmente, existem muitas pessoas de má fé que aplicam golpes e é necessário estar atento a isso.

A troca dessa peça não pode ser feita de qualquer maneira, existe uma exigências das leis de trânsito que define que o número do chassi do veículo (a identificação) precisa estar intacta no para-brisa mesmo na troca.

Para entender melhor como deve ser feita a substituição do para-brisa, saiba todos os detalhes.

Para-brisa original e paralelo

Não há como negar a importância de um serviço bem feito. Quando há alguma avaria no para-brisa, normalmente um trincado, a primeira coisa a se fazer é procurar alguma empresa especializada para fazer o reparo.

Quando não há a possibilidade de fazer o reparo, a troca do produto torna-se a única solução. Sendo assim, é preciso ficar atento às peças que serão colocadas no veículo.

Segundo a exigência das leis de transito, o veículo precisa ser identificado e essa identificação é feita através do número do chassi que aparece no para-brisa. Ao optar por colocar um para-brisa paralelo no veículo, alguns problemas podem surgir e o dono ter que dar conta do prejuízo.

A marca do para-brisa paralelo pode ser totalmente diferente do original e muitas vezes ser fabricada na China. Isso pode ser o primeiro problema. A funcionalidade do para-brisa instalado, caso não seja original, pode ficar comprometida.

Uma das principais características do para-brisa paralelo é a inferioridade em relação ao original. Para quem não entende muito bem pode até passar desapercebido, porém quem tem conhecimento no assunto pode avaliar a qualidade do para-brisa instalado.

O ideal é não ir a qualquer especializada. Se possível, uma empresa de confiança é a melhor solução. O dono do veículo precisa estar atento e não se deixar levar pela conversa do “profissional”. Caso perceba que pode estar sendo levado a colocar uma peça ruim, é importante questionar e até trocar de empresa.

Saiba tudo sobre a película do para-brisa

A película do para-brisa vai muito além da estética. Ela é um item essencial de proteção. Localizada no meio entre as duas lâminas de vidro no para-brisa, a película tem a função de segurar as lâminas de vidro em caso de impacto e não permitir que os fragmentos atinjam quem está dentro do veículo.

Além disso, ela tem a capacidade de reduzir a ação dos raios Ultravioleta não permitindo que o calor do sol penetre no interior do veículo e assim, possa ficar mais confortável.

As películas também são resistentes e podem trazer mais segurança em casos de vandalismo e também de impactos. Todas as funções desempenhadas pela película do para-brisa é para a proteção e segurança de quem está no veículo.

Parece simples, mas existe uma tecnologia por trás das películas. Essa tecnologia é considerada tecnologia de ponta. Ou seja, uma tecnologia avançada.

Elas são desenvolvidas em espessuras variadas por engenheiros que precisam medir o tamanho da peça de vidro para para-brisa e o modelo do veículo.

As funções das películas do para-brisa original, além de fazerem ficar esteticamente bonito e a proteção contra vandalismo e impactos, elas também tem a função de controle contra os raios UV que inclusive fazem mal à saúde, ajudam a conservar os estofados do veículo exatamente por não permitir que o excesso de sol ultrapasse.

Elas também são capazes de controlar a temperatura dentro do veículo, o que faz com que ainda que fique debaixo do sol escaldante, não seja insuportável permanecer dentro dele.

Como deve ser a película do para-brisa original?

Para manter o para-brisa original, é importante que a película também siga as regras e exigências de trânsito. Elas devem estar de acordo com o Contran que segundo a sua resolução 254/2007, as películas devem ter um grau de transparência de 75% nos para-brisas e as películas espelhadas não são permitidas.

Caso o proprietário do veículo não cumpra essa exigência, ele gera uma série de problemas, tendo que pagar uma multa considerada grave no valor aproximado de R$200,00 e ainda a perda de pontos na CNH.

É importante saber que há diferença entre película de segurança e película de blindagem. A película de blindagem tem o procedimento de instalação diferente e interfere em todas as partes do veículo, não somente no para-brisa.

No processo de blindagem o para-brisa original é substituído por outro e tem em sua composição camadas de vidros laminados e polímeros.

Considerações finais sobre para-brisa original e paralelo

O para-brisa original, ao ser instalado no veículo não causa nenhuma alteração e não há nenhum comprometimento. Obviamente ele precisa ser colocado por um profissional qualificado.

Por outro lado, o para-brisa paralelo, causa danos no veículo e tende a reduzir sua eficácia fazendo com que o limpador de para-brisa não funcione perfeitamente como deveria.

Dessa maneira, o próximo passo será a troca dos limpadores e com isso, o para-brisa paralelo só vai acarretando gastos ao dono do veículo.

Apesar de ter a possibilidade de pagar mais barato pelo para-brisa paralelo, os gastos adicionais depois não compensará esse valor, além disso, o transtorno e dor de cabeça que o dono do veículo terá é muito pior.

Para o motorista pegar a estrada, também pode ter problemas com o para-brisa paralelo. Um desses problemas é a visão óptica do motorista que pode ficar comprometida e causar cansaço extremo fazendo com que em uma viagem longa, por exemplo, seja mais arriscado e podendo até causar problemas de vista para ele.

Outro fator além desses citados é o fato da falta de qualidade para o técnico que for fazer a instalação trabalhar. Sendo assim, nem para ele é uma opção mais vantajosa.

É possível concluir então que a diferença entre para-brisa original e paralelo é enorme e o custo-benefício do original é bem maior, além de ser estar 100% dentro das normas.

Substituição de para-brisa: Original VS paralelo

Post navigation