Nenhum motorista adora andar com o carro sujo. Além de passar a impressão de automóvel malcuidado, a poeira e outras sujeiras conseguem manchar as vestimentas e também causar um abatimento na hora do programa do fim de semana. Em função disso, nunca foi tão primordial encontrar-se bem inteirado sobre as técnicas e utensílios relativos à lavagem de carro.
Muitas pessoas possuem o costume de dar uma passadinha no lava-jato para higienizar o carro, outras normalmente pegam a mangueira e fazerem elas mesmas a limpeza. Porém saiba que muitos equivocam-se na lavagem do carro e fazem a higiene de forma indevida, o que acaba danificando a pintura e danificando a cera que cobre a pintura. Outros gastam litros de água durante a lavagem do carro ignorando novos métodos, como a lavagem a seco, também conhecida como lavagem ecológica.
Para que você não se equivoque outra vez, listamos abaixo algumas informações imprescindíveis sobre a lavagem de carro que irão fazer com que você modifique sua maneira de lidar com o trabalho de limpeza do seu veículo.

Produtos que jamais devem ser empregados ao longo da lavagem de carros

Nunca utilize detergente para lavar seu carro

lavagem_carros O detergente de cozinha é fantástico para lavar copos e vasilhas e eliminar a gordura de uma panela, contudo bem agressivos às pinturas dos automóveis. Eles progressivamente deterioram a cera protetora do automóvel, o que estende o risco de arranhados e danos insanáveis nas pinturas. É mais adequado preferir por um shampoo próprio para carros, principalmente criado para a lavagem de carro.

Lavagem automática

A rotina cotidiana deixa a limpeza em posto de combustível e empresas do ramo a escolha predileta. Mas, boa parte estados unidos da américa escova de lavagem de carro automática, o que irá deteriorar a pintura. Optar por um lava-jato com máquina “sem toque” (que joga o shampoo e a água em alta pressão) é melhor se quiser manter o acabamento do automóvel, ou então você pode obter os produtos apropriados e fazer o trabalho sozinho em sua moradia.

Secagem

secagem_carro Logo após a lavagem do carro, é preciso secar o automóvel o mais rapidamente possível. Se deixar para enxugar no tempo, os pingos de água conseguem manchar a lataria, o que, às vezes, são difíceis de remover.
Há no mercado tecidos de microfibra especialmente desenvolvidos para a secagem de veículos. E o mais essencial: não use uma camisa ou meias velhas, que podem ocasionar agravos não reversíveis à pintura. Uma secagem descuidada é capaz de desperdiçar uma boa lavagem do carro.

Bucha não serve para lavar carros

Utilizar uma bucha comum oferece o risco de arranhar não unicamente a carroceria, mas também o para-brisa e outros vidros. Prefira uma luva de lavagem de carro projetada para automóveis, produzidas com lã natural ou microfibra, que suga melhor as partículas. Buchas feitas de espuma conservam a sujeira na superfície e riscam os vernizes das pinturas.

Higienização de vidros

limpeza_vidro A grande parte dos produtos para limpeza de janela doméstica possui amônia, uma substância que irá avariar o para-brisas e demais vidros do carro. Tal produto ainda não é aconselhado para superfícies como couros, plásticos ou vinil. Devido a isso, use produtos próprios para automóveis no decorrer da lavagem do carro.

Balde

Utilize sempre 2 baldes d’água durante a lavagem do carro: um para enxaguar e outro para água com sabão. Caso contrário, depois de alguns minutos você estará fazendo a lavagem do carro com água imunda.

Nunca lave seu carro sob sol ardente

Não se deve fazer a lavagem do carro abaixo do sol muito quente, uma vez que os raios apenas acelerarão o processo de marcas d’água na lataria. Prefira o início da manhã ou o final da tarde ou então lave-o longe do sol.
Antes de começar a lavagem do carro, espere a carroceria esfriar – isto evita que a água e o sabão sequem e deixem manchas. O cuidado vale para todo o trabalho: ao longo da lavagem do carro, conserve o automóvel sempre molhado.

Nunca use toalha

Você, eventualmente, observa pessoas secando o veículo com uma toalha de banho feita com tecido sintético. Talvez esta seja uma das formas mais seguras de arranhar a pintura! Um pano de microfibra, algodão ou silicone é a mais adequada coisa para a secagem.

Como lavar as rodas

lavar_rodas As rodas estão revestidas de graxa e com vestígios metálicos dos freios. Evite o equívoco de lavar as peças com a mesma luva que você utiliza para a carroceria. A fim de fazer a melhor lavagem de carro, use sempre duas luvas: uma para as rodas e outra para a carroceria.

Comece pelas rodas

Dê prioridade às rodas ao iniciar a lavagem do carro, caso contrário, a graxa e a impureza das rodas podem salpicar o restante da lataria. Aguarde que elas esfriem antes da lavagem, a fim de que não haja empenamentos no contato com a água fria.

De que jeito lavar o carro a seco?

A Lavagem a seco inclusive é conhecida como Lavagem Ambiental, ainda que seja um dos temas mais discutidos, há diversas dúvidas a respeito deste método. Vale a pena fazer a lavagem a seco? Qual iria ser meu custo benefício? Como lavar carro a seco? Posso riscar o automóvel com o procedimento de lavagem a seco? A lavagem a seco colabora com o meio ambiente?
Existem pessoas falando que realizam a lavagem do carro integral com apenas um copo de duzentos ml d’água. E isto pode ser muito arriscado, pois com pouca solução de produto de lavagem a seco, a probabilidade de acarretar riscos na pintura do carro é bem grande. O ideal a ser utilizado numa lavagem a seco é no mínimo 500ml ou até dois litros de produto.
O indicado é uma solução de 1L para uma esplêndida lavagem a seco. Entretanto isto inclusive poderá ser avaliado de acordo com as condições da sujeira. De qualquer maneira, o método de lavagem a seco é uma incrível ideia e não uma ação milagrosa. Utiliza-se pouca água, apesar disso também não é uma lavagem 100% a seco.

Qual a diferença entre a lavagem de carro a seco e convencional?

Lavar o carro da forma tradicional, empregando água, pode gastar, praticamente 300L d’água para carros pequeninos e 600 litros para carros enormes. Mas, haveria realmente uma fórmula para uma lavagem de carro melhor e mais eficiente do que as convencionais sem usar um pingo de água?
Para fazer uma higiene a seco adequadamente, é utilizado, no máximo, 1,2 litro d’água. Esta quantidade é bastante expressiva para a limpeza de um automóvel que consumia litros e litros d’água por minuto no decorrer do processo tradicional de lavagem. Com essa quantidade de água, é possível deixar o automóvel devidamente limpo, brilhando e resguardado.

Confira os utensílios necessários para lavar o carro a seco:

– Produto lubrificante específico à lavagem a seco (escolha o mais acessível);
– Panos de microfibra limpos e secos (3 unidades para a limpeza de um veículo de comprimento médio), só para limpeza da pintura;
– Pincel para detalhamento (para rodas e frisos);
– Outros produtos de limpeza próprios para demais regiões (rodas, vidros, etc).

Como selecionar o produto adequado para lavar seu carro à seco?

Você pode preferir por produtos com formulação simples ou que contenham cera ou selante sintético na fórmula. Habitualmente os produtos para lavagem a seco já mostram o efeito dois em um, fazendo com que a aplicação higienize e encere o veículo ao mesmo tempo. Com isso, a pintura do veículo fica protegida, além da solução dar conservação de brilho e proteção para a cera aplicada anteriormente no automóvel.

Descubra a forma correta de lavar a seco em oito estágios

1. Mantenha o veículo longe do sol e com as peças frias;
2. Realize a diluição, caso o produto esteja concentrado.
3. Pulverize o produto de lavagem a seco diretamente na região almejada, ideal em regiões de 50x50cm. Utilize produto suficiente para deixar a pintura bem molhada. O aconselhado é pulverizar o produto até que ele escorra na pintura;
4. Elimine a imundície com um pano de microfibra sem fazer força, em um mesmo sentido. Dê só uma passada por local e jamais fique esfregando o tecido na superfície no sentido de vai-e-vem;
5. Utilize um outro tecido microfibra limpo e seco com o intuito de dar o acabamento;
6. Na ocasião de continuar a lavagem a seco, use outra parte do tecido que ainda encontre-se limpa;
7. Caso necessário, refaça o processo no mesmo local.
8. Se o pano ficar sujo, lave esfregando bastante e depois prossiga o processo.
Caso o seu carro esteja bastante sujo, use um jato d’água para tirar o excesso de impurezas antes de começar a lavagem a seco.

Produtos que nunca podem faltar no momento de lavar o carro da forma tradicional

Nem sempre pode-se mandar lavar o carro em um espaço especializado e ainda há quem goste de fazer sozinho esse trabalho, em razão disto, é fundamental ter determinados produtos em sua residência. Quem é apaixonado por seu carro, sabe o valor de um agrado às vezes, e até os menos emotivos valorizam a lavagem do carro.

Ao lavar o carro jamais deixe de usar cera

cera_carro A cera oferece brilho e resguarda a pintura do automóvel, gera uma película defensora que impossibilita que a água permaneça na superfície, além de evitar arranhados e a presença de ferrugem na pintura. Diversas são de aplicação simples e para saber o momento de passar outra vez, basta observar o brilho do automóvel ou a água da chuva, por exemplo. Se escorrer pela carroceria, ainda tem uma camada de cera. Preste atenção aos muitos tipos de ceras acessíveis no mercado, possivelmente haja em componentes diferentes, em consonância com as necessidades de cada carro.

Limpa vidros de carros

A transparência dos vidros é imprescindível até para a segurança ao dirigir. Diversos produtos prometem esterelizar o vidro do carro de forma ágil e eficiente e é importante observar se eles correspondem a algumas atribuições básicas. Ao lavar o carro, este tipo de produto, além de limpar a sujeira mais superficial, deve desengordurar os vidros (principalmente na parte interna). Bem como as ceras, o adequado é que eles produzam uma camada defensora que garanta a durabilidade da higienização. E, claro, nunca deve deixar marcas após a aplicação.

Vai lavar o carro e esquecer de hidratar o banco de couro?

banco_couro Quem tem carro com bancos de couro se atenta em conservar os bancos com a aparência original e, em função disso, deve utilizar hidratante de couro. Certos produtos prometem hidratar, manter e inclusive agem como detergente. As 3 atribuições são vitais para tomar conta do material e, ao comprar, verifique no rótulo se ele atende a estas necessidades.

Espuma multiuso

Esse tipo de produto serve para higienizar várias superfícies, porém uma das principais funções é “lavar” o tecido dos bancos e das paredes internas do carro. Nos rótulos, há instruções dos fabricantes como: deixar o produto funcionar por vários segundos, friccionar suavemente com esponja ou pano delicado e umedecido e, por último, remover com outro tecido antes que seque. Garanta uma lavagem de carro completa, entretanto, cuidado para não rasgar o estofamento ao remover as marcas mais difíceis.

Métodos para lavagem de carros

Post navigation